Alimentação na gravidez: o que evitar?

 

A alimentação na gravidez muda, nem todos alimentos são indicados. A recomendação deve continuar sendo comer Comida de Verdade, mas com algumas restrições. Veja a lista.

baseado no post do Authority Nutrition

Hoje vou listar abaixo, alimentos que toda grávida deve moderar ou evitar durante a gestação, para seu bem e do bebê.

1- Peixes com quantidade elevada de mercúrio

São peixes do mar, que pelo seu grande tamanho, podem acumular quantidades significativas desse metal: Tubarão, Cavala verdadeira, Peixe-espada e Atum (inclui o enlatado).

No máximo, 2 porções por mês.

Que peixes comer? Todos os outros, especialmente os do mar, 2-3x/semana.

2 – Peixe mal cozido (ceviche, por exemplo), peixe cru (sushi, sashimi) ou mariscos.

Podem conter agentes infecciosos como Norovirus, Listeria (especialmente arriscada para o bebê), Salmonela e parasitas.

3 – Carne mal passada, crua ou processada

Também podem conter diversos germes, como a Salmonela, E. coli, Listeria e Toxoplasma (cuidado extra!). As carnes processadas, como por exemplo, as salsichas, além da contaminação, também têm quantidades excessivas de sódio.

4 – Ovos crus ou mal cozidos

Podem ter a Salmonela. Cuidado também com molhos feitos com gema crua, coberturas de bolos com claras em neve, maionese caseira (cuidado com os food trucks!) e sorvetes caseiros (sorbet que não leva ovo tudo bem).

5 – Carnes de órgão

Fígado e outras carnes de órgão (moela) podem conter quantidades significativas de Vitamina A e cobre, que podem ser prejudiciais, principalmente no primeiro trimestre. Por outro lado, são fontes importantes de Colina, Vitaminas do Complexo B e Ferro, necessários para uma boa saúde da gestante e do bebê. Então, consumir no máximo 1 vez por semana, mas não deixar de comer!

6 – Cafeína

Grávidas devem limitar seu consumo de cafeína a no máximo 200mg/dia, o que daria de 2-3 xícaras de café por dia. Um alto consumo de cafeína durante a gestação pode limitar o crescimento fetal e causar baixo peso ao nascer.

7 – Brotos crus

Os brotos, como alfafa e broto de bambu, podem estar contaminados com a Salmonela, que pode estar em suas sementes. Cozidos não há problema em consumir.

8 – Hortaliças e frutas sem lavar

Podem conter bactérias como E.coli, Salmonela e Listeria, além do Toxoplasma.

9 – Leite cru e Laticínios não pasteurizados

Podem conter Listeria, Salmonela, E. coli e Campilobacter. A recomendação é consumir os produtos pasteurizados.

– “Ah, mas eu ouvi dizer que probióticos são ótimos…”

Os lactobacilos benéficos permanecem nos produtos lácteos industrializados pasteurizados, como o iogurte, a coalhada e o queijo.

10 – Álcool

– Tolerância ZERO. Simples assim.

11 – Alimentos ultra-processados – Comida Lixo

– Tolerância ZERO. Simples assim.

Um dos profissionais mais importantes na sua gestação, além do obstetra e do pediatra/neonatologista, é o nutricionista! ‪#‎comidadeverdade‬ , mas com cuidados especiais.

Compartilhem à vontade.


Receba seu ebook grátis

Receba grátis ebook do pediatra dr Flávio Melo com 27 textos sobre os temas mais atuais, como H1N1, Zika, Imunidade e alimentação. São 160 páginas de conhecimento sobre como cuidar bem de seus pequenos. Basta deixar seu e-mail e clicar em "Eu quero"

Dr Flávio Melo - pediatra

Sou médico pediatra há 11 anos, formado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba e Pediatria no Instituto de Medicina Integral Fernando Figueira (IMIP/Recife-PE). Enxergo que o futuro da prevenção na criança, passa por uma atuação nos hábitos familiares e estilo de vida, desde antes do casal engravidar.

10 comentários em “Alimentação na gravidez: o que evitar?

  • 3 de junho de 2016 a 14:17
    Permalink

    Dr, estou devorando seus textos. Sobre a cafeína, esse limite em 200mg significa quanto em quantidade de pó de café? É que meu café é fraco, na embalagem orienta a usar 40g para 500ml de agua. Eu faço 500ml com 20g de pó e tomo ao longo do dia. Será que está acima do recomendado? Ainda não estou grávida, mas já estou sofrendo em ficar sem café….rss….abraços e obrigada pela atenção.

    Responder
    • 3 de junho de 2016 a 20:42
      Permalink

      Vc sabe que varia um pouco, em média a quantidade de cafeína por grama de café solúvel é 3mg, então você está dentro das recomendações. Veja uma lista útil abaixo:

      Café coado (200 ml) – 80 a 130 mg

      Café expresso (50 ml) – 100 mg

      Energético (240 ml) – 80 mg

      Chá gelado (355 ml) – 70 mg

      Aspirina Forte (uma cápsula) – 65 mg

      Chá preto (um saquinho) – 50 mg

      Dorflex (um comprimido) – 50 mg

      Guaraná em pó ( 1 g) – 44 mg

      Coca – Cola (355 ml) – 34 mg

      Chocolate amargo (170 g) – 31 mg

      Chocolate ao leite (170 g) – 10 mg

      Responder
  • 24 de novembro de 2016 a 00:23
    Permalink

    Boa noite, Dr. Flávio! Passei a acessar seu blog por indicação do Dr. Souto. Estou amando as informações disponibilizadas aqui… Faz seis meses que sigo este estilo de vida (comida de verdade/alimentação forte). Hoje descobri que estou gestante, apenas 4 semaninhas. Gostaria de saber se há estudo clínico randomizado quanto à suplementação com Lugol, se há influência na inteligência do bebê, uma vez que já li relatos de mães que suplementaram e super indicam. Antecipo agradecimentos! 🙂

    Responder
  • 27 de janeiro de 2017 a 11:17
    Permalink

    Bom dia, doutor! Na minha última gestação a nutricionista me proibiu de comer uva até o terceiro mês e após o oitavo mês. Qual sua recomendação é o porque desta restrição? Obrigada

    Responder
  • 25 de abril de 2017 a 20:06
    Permalink

    Dr Flavio, e a canela, nao pode mesmo?? Obrigada!

    Responder
  • 15 de junho de 2017 a 11:28
    Permalink

    Olá Dr. Flávio gostaria de saber se é recomendável iniciar uma alimentação low carb durante a gestação,estou com 10 semanas e uns meses antes de engravidar estava seguindo esse estilo mais acabei deixando um pouco de lado e queria retornar. Qual a sua opinião sobre o assunto??? Desde já agradeço.

    Responder
  • 26 de junho de 2017 a 22:25
    Permalink

    Dr. Flávio, cerveja sem alcool pode ser consumida durante a gestação?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *