Como fazer ovo na introdução alimentar de seu bebê?

Espero que você já tenha lido a primeira parte sobre o papel do ovo na alimentação de nossos pequenos, certo? Se não leu, clique aqui e conheça os benefícios deste alimentos completo!

Primeiro, prefira ovos orgânicos ou de galinhas caipira, de boa procedência. Se não der, use o ovo comum mesmo, mas existem marcas que são enriquecidas com ômega-3 e isso é ótimo! Se não encontrar ou não puder comprar, use ovo de qualquer jeito!

Segundo, não dê ovo cru ou pouco cozido!!! Ovo com gema mole não é a forma mais segura de dar ovo pro seu bebê.

Terceiro, você pode começar com 1/4, alguns dias depois 1/2 e logo depois dar um ovo pequeno todos os dias pro seu bebê.

Importante evitar a monotonia e variar as fontes de proteína animal, com carne, frango, fígado, vísceras, peixe, porco…

Como fazer ovo?

Pense em um ovo cozido sem sal? É bom? Claro que não!

Então, lembre do Eric Jacquin e use “tampero” (ele fala assim, né?). Um tiquinho (tiquinho mesmo) de sal não faz mal (acima de 1 ano). O que faz mal é o sal do x-egg!!!!

Sal é sabor e você também pode adicionar um pouco de salsa, orégano, coentro seco, páprica doce, cúrcuma. Por enquanto, melhor não dar pimenta apenas….

Escolha: cozido ou mexido, picadinho na papinha ou mexido durinho no BLW.

Quando o bebê estiver perto de um ano, um omeletinho matinal pode ser uma excelente oportunidade de colocar umas verdurinhas picadas, couve e um pedacinho de queijo (sim, queijo é bom pra saúde!)

E que óleo usar?

Fique ligada nas seguintes questões:

Estabilidade com o aquecimento

Óleo de coco é a melhor opção para cozinharQuanto mais gordura saturada e monoinsaturada o óleo tiver, mais ele é estável ao aquecimento e produzirá menos compostos oxidados que farão mal.

Quanto mais poli-insaturada, mais instável.

Na ordem de estabilidade: óleo de abacate (caro!) > óleo de coco > manteiga > banha > azeite > canola > margarina > soja > milho

Sabor

Gordura dá sabor aos alimentos e se você já provou um ovo feito na manteiga e outro feito com margarina, já sabe qual a melhor escolha.

O azeite de oliva extra-virgem é aromático e ao contrário do que algumas pessoas pensam, não perde as suas propriedades ao ser aquecido levemente.

O óleo de coco é um dos mais estáveis, junto com o óleo de abacate, mas tem sabor forte. Então não acho que nesse ponto de vista seja o ideal, pois muda bem o sabor do ovo.

Os óleos vegetais (soja, milho etc.) têm sabor neutro, mas são muito instáveis.

A banha, além de ser rica em gordura monoinsaturada (igual do azeite), também acrescenta sabor.

Pergunte à sua bisavó de 90 anos o que ela usava quando não tinha geladeira.

Nutrição

Todos os óleos em geral têm o mesmo número de calorias (nove) por ml.

Agora, do ponto de vista nutricional, a manteiga além das vitaminas K2,E e D, tem o butirato (imunomodulador e nutriente para as bactérias da flora que protegem o intestino) e triglicerídeos de cadeia média (TCM), que são utilizados diretamente como energia.

Alguns óleos vegetais, como o de canola, têm um pouco mais de ômega-3. Mas quem sabe como eles são produzidos, evita o uso.

O azeite de oliva tem vários antioxidantes e se for um azeite extra-virgem de primeira prensagem à frio (mais caros, mas você só vai usar um fio), são os que mais tem polifenóis, que fazem muito bem.

O óleo de coco também tem TCM, em especial o ácido láurico, que é imunomodulador.

manteiga-para-cozinharEntão, finalizando, o meu (cada um pode escolher o seu) ranking do óleo ideal para fazer o ovo fica assim:

1- Manteiga clarificada (ghee ou da terra) ou manteiga comum.

2- Azeite de oliva (opção para os alérgicos à leite que não podem manteiga).

3- Banha.

4- Óleo de coco.

5- Canola (o último da lista, entenderam???)

Esqueçam margarina e outros óleos vegetais, por mais que a propaganda e os propagandistas (alguns são médicos, eu sei…) indiquem.

Simples assim.

Agora, tudo faz mal em excesso, até mesmo couve-manteiga (por conta do oxalato, por isso não exagere no suco verde!). Então, nada de fazer ovo nadando no óleo, qualquer que seja.

Sério: você não imaginava que tivesse tanta informação em um simples ovo mexido, não é?


Receba seu ebook grátis

Receba grátis ebook do pediatra dr Flávio Melo com 27 textos sobre os temas mais atuais, como H1N1, Zika, Imunidade e alimentação. São 160 páginas de conhecimento sobre como cuidar bem de seus pequenos. Basta deixar seu e-mail e clicar em "Eu quero"

Dr Flávio Melo - pediatra

Sou médico pediatra há 11 anos, formado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba e Pediatria no Instituto de Medicina Integral Fernando Figueira (IMIP/Recife-PE). Enxergo que o futuro da prevenção na criança, passa por uma atuação nos hábitos familiares e estilo de vida, desde antes do casal engravidar.

37 comentários em “Como fazer ovo na introdução alimentar de seu bebê?

  • 14 de julho de 2016 a 08:30
    Permalink

    Dr Flávio, o sr nao mencionou o óleo de girassol… Fiquei na dúvida pq já ouvi de uma nutricionista q ele é melhor q o de canola…

    Responder
      • 14 de junho de 2017 a 11:49
        Permalink

        E qual a melhor opção, considerando custo/beneficio, para usar no dia a dia?

        Responder
  • 15 de julho de 2016 a 12:27
    Permalink

    Doutor, antes de um ano nao pode leite de vaca, mas derivados podem??

    Responder
  • 8 de agosto de 2016 a 16:50
    Permalink

    Dr Flavio, meu filho tem 8 meses e tentei já 3 vezes dar ovo mexido para ele. Nas 3 vezes o queixo e ao redor da boca apareceram umas manchas vermelhas e após 1 a 2 horas passou. Mas só acontece quando dou ovo. Seria algum tipo de alergia? Posso continuar dando ovo?

    Responder
  • 12 de setembro de 2016 a 12:21
    Permalink

    Dr. Flavio,
    Qual seria a forma mais segura para oferecer gemada às crianças?

    Responder
    • 12 de setembro de 2016 a 16:00
      Permalink

      Não se deve oferecer gemada, não traz nenhuma vantagem nutricional e pode diminuir a absorção da vitamina biotina, por conta da avidina, uma proteína que está presente na gema crua.

      Responder
  • 18 de setembro de 2016 a 21:40
    Permalink

    Muito bom.
    Estou lendo todos os seus textos sobre alimentação.
    Por esses dias começaremos a introdução alimentar do nosso filho.
    Se fosse . pela pediatra dele, já estaria tomando sucos e água, mas decidi manter LM exclusivo até os 6 meses.
    🙂

    Responder
  • 19 de setembro de 2016 a 15:32
    Permalink

    Dr, pra quem tem apenas a intolerância a lactose pode-se usar a manteiga ??

    Responder
  • 29 de janeiro de 2017 a 12:48
    Permalink

    Dr. Flavio, Adoro suas dicas. Obrigada por dividir tantas informações. Meu bebê tem 8 meses..estou na duvida sobre a introdução do ovo. Qual seria a quantidade ideal por semana e modo de oferecer? Obrigada.

    Responder
    • 2 de fevereiro de 2017 a 08:20
      Permalink

      Obrigado! Normalmente o ovo é recomendado como proteína do almoço ou jantar, na forma que o bebê se adaptar melhor, cozido ou mexido. Até 1 ovo por dia está ok, mas sempre é bom diversificar a fonte protéica.

      Responder
      • 14 de junho de 2017 a 13:03
        Permalink

        E café da manhã? Aqui sirvo no café e dou outra proteína no almoço

        Responder
  • 30 de maio de 2017 a 01:06
    Permalink

    gostaria de saber se após fazer um bolo ou mexer ovo cru em alguma panela ou louça, só lavá-las com detergente deixe elas livre da bactéria… e se relar a mao no ovo e depois em algum lugar, aquele local pode estar contaminado…tirei o ovo da alimentação..por conta do medo de passar bactéria do ovo nos locais onde toco após pegar o ovo…e a bucha de lavar louça fica contaminada?.

    Responder
  • 13 de junho de 2017 a 23:56
    Permalink

    Dou só a gema do ovo? Ou posso dar a clara para o bebê de 6 meses?

    Responder
  • 14 de junho de 2017 a 11:19
    Permalink

    Dr primeiro de tudo PARABÉNS , ADORO seus posts !

    Meu filho de 2 anos e 5 meses adora ovo .. se deixar ele come todos os dias… faço sempre pela manhã ovos quentes … as vezes coloco chia … ou queijo… ele gosta bastante …

    Começarei a introdução alimentar da minha filha ela fara 6 meses … ja posso introduzir o ovo ?

    obrigada

    Carol / sP

    Responder
  • 14 de junho de 2017 a 11:54
    Permalink

    Dr. Flávio, qual a idade recomendada pra introdução do ovo?

    Responder
  • 14 de junho de 2017 a 12:25
    Permalink

    Boa tarde Dr! Meu bebê tem 4 meses e meio. Está em aleitamento materno exclusivo e irei fazer a introdução alimentar a partir dos 6 meses. Como o senhor acha que devo começar? Qual o momento de inserir o ovo?
    Grata!!!

    Responder
  • 14 de junho de 2017 a 12:42
    Permalink

    Dr o pediatra da minha bebê recomendou apenas a gema! O q faço?

    Responder
  • 14 de junho de 2017 a 13:00
    Permalink

    Dr. Eu faço sem sal, apenas com orégano e até eu como. Dei pra minha sogra experimentar pq ela achou que poderia por um “tico” de sal e até ela concordou que estava agradável. Sirvo mexido aqui na frigideira antiaderente e não gruda. Amando esse tema

    Responder
  • 14 de junho de 2017 a 13:01
    Permalink

    As vezes compro o de codorna TB. Tem muita diferença? Quais?

    Responder
  • 14 de junho de 2017 a 14:45
    Permalink

    Dr. Eu busco sempre como opção óleo de girassol. Não é a melhor escolha?? Tenho fugido do Canola… Fiquei surpresa por ele entrar na lista, pois já vi falarem mal de mais dele, poderia fazer um post sobre isso?
    Na maioria das preparações uso a banha, depois azeite ou manteiga. Nessa ordem. Pensando mais propriamente na parte financeira, pois manteiga aqui na minha regido está tão cara quanto o óleo de coco.

    Responder
  • 14 de junho de 2017 a 16:26
    Permalink

    Adorei as suas informações e dicas sobre o ovo. Meu filho tem dois anos e adora ovo, é sempre bom sabermos mais sobre o que damos aos nossos amores!!! Obrigada Dr.!

    Responder
  • 14 de junho de 2017 a 21:41
    Permalink

    Dr. Tu falaste em queijo, a partir de que idade???

    Responder
  • 15 de junho de 2017 a 15:13
    Permalink

    Olá meu bebê tem sete meses e já dou omelete com espinafre picadinho, ele come tranquilamente, existe alguma contra indicação a isso?
    E posso usar ghee antes de um ano? Eu uso apenas azeite de oliva.
    Obrigada

    Responder
  • 30 de julho de 2017 a 10:30
    Permalink

    Dr. A partir de quantos meses pode incluir ovos na alimentação dos bebês?

    Responder
  • 19 de janeiro de 2018 a 15:40
    Permalink

    DR Flávio. Qual a sua opinião sobre o famoso Danoninho antes de 1 ano? Desde já obrigada

    Responder
  • 13 de fevereiro de 2018 a 20:32
    Permalink

    Posso da ovo cozido pra minha filha ela tem 7 mês

    Responder
  • 26 de fevereiro de 2018 a 21:37
    Permalink

    Ola Dr. Tenho duvidas Qto a introdução de alimentos alergênicos ovo, peixe, leite, gluten durante e apos a janela de imunidade. Ela e mesmo apenas entre 3 e 6 meses? Só ouvi falar dela agora pq minha pediatra não me orienta bem desde o inicio fico parecendo a chata e já fui em 2 diferentes. Minha bebe fez 7 meses ontem e segundo ela o ovo só c 9 meses.Mas e a vacina de febre amarela produzida na clara do ovo? Por favor me responda. Confio demais nas suas orientacoes.Abraços.

    Responder
    • 28 de fevereiro de 2018 a 21:23
      Permalink

      Sugiro que você a leve para avaliação médica. Não há como dar orientações à distância para casos particulares.

      Responder

Deixe uma resposta para Jéssica Zonzini Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *